As 10 características do comportamento empreendedor para começar a praticar ainda hoje

características do comportamento empreendedor

Compartilhe esse post

Entender as características do comportamento empreendedor é um dos primeiros passos rumo ao sucesso. Neste artigo separamos 10 atitudes empreendedoras para que você comece a desenvolvê-las para alcançar o sucesso.

Quais as 10 características do comportamento empreendedor?

As chamadas características do comportamento empreendedor são 10 pontos levantados pelo SEBRAE através do seminário Empretec. Essas características são baseadas em comportamentos de empreendedores de sucesso. Conheça todas elas a seguir.

1. Busca por oportunidade e iniciativa

Uma das principais características do comportamento empreendedor é o de cultivar habilidades como proatividade e a capacidade de “farejar” novas oportunidades dentro do mercado, seja no seu nicho ou em outros.

O empreendedor precisa ter esse dinamismo, ficar atento para acompanhar e compreender as movimentações do mercado e, sempre que enxergar uma oportunidade, lançar novos produtos e/ou serviços.

2. Persistência

Alcançar o sucesso enquanto empreendedor é um desafio que requer resiliência, afinal as chances de um negócio vingar logo de cara são pequenas, por isso, é importante acreditar no que está sendo feito e ser persistente.

É essencial também não confundir persistência com teimosia, reconhecer falhas e fazer correções de rota também são movimentações totalmente normais para um empreendedor, independente do setor.

3. Correr riscos calculados

É claro que crescer em um mercado tão competitivo vai demandar correr alguns riscos, no entanto fazer a escolha errada e investir sem critério pode ser o fim para boa parte dos negócios que estão começando.

Por isso, é preciso analisar ao máximo o cenário e as possibilidades, escolher os desafios com menos riscos e apostar neles. 

Para conseguir fazer isso de forma profissional é importante se qualificar e manter-se informado sobre o seu nicho de mercado e sobre a economia em geral.

4. Exigência de qualidade e eficiência

O cliente vem se tornando cada vez mais exigente e se colocando no papel central das decisões, por isso, não existe mais espaço para atividades e ações executadas de forma ineficiente.

O empreendedor precisa orientar e acompanhar sua equipe na execução das ações para que o foco profissional esteja presente em todo o seu time. 

5. Comprometimento

Esse é um ponto onde o empreendedor precisa ser exemplo, afinal, se quem idealizou e lidera a equipe não estiver 100% comprometido com o projeto será mais difícil cobrar isso dos outros, não é verdade?

Os ganhos e reconhecimento só virão através do comprometimento, para isso é necessário assumir responsabilidades e realizar todas as tarefas propostas no planejamento.

6. Busca por informações

As vontades, comportamentos e preferências dos clientes são pontos que sempre estão sujeitos a mudanças e fazem toda a diferença para o sucesso ou não de um negócio. Por isso, o empreendedor precisa estar sempre atualizado sobre o seu segmento.

7. Estabelecimento de metas

As metas são vitais para ajudar na compreensão da jornada do cliente e da sua empresa.

Uma vez estabelecidas, é possível visualizar o caminho que sua empresa precisa percorrer para alcançar os objetivos.

No entanto, tão importante quanto estabelecer metas reais é acompanhar os resultados e verificar se elas estão sendo alcançadas. Caso não estejam, é preciso procurar entender o porquê e aplicar correções.

8. Planejamento e monitoramento sistemáticos

Sempre que você planeja, executa e monitora suas ações, você consegue ter uma percepção de que as coisas estão progredindo. 

Caso contrário, você acaba “enxugando gelo” e apenas corrigindo problemas pontuais que não necessariamente irão aproximá-lo do seu objetivo. Por isso, é importante:

  • fazer o planejamento,
  • indicar os responsáveis por cada ação,
  • definir indicadores de desempenho para analisar os resultados,
  • fazer alterações que sejam pertinentes.

9. Persuasão e rede de contatos

Todo bom empreendedor sabe que estabelecer o famoso networking é algo essencial para conhecer mais sobre o mercado, prospectar parcerias, investimentos e abrir portas que vão ser importantes no futuro.

10. Independência e autoconfiança

Por fim, a última das características do comportamento empreendedor dessa lista é meio que uma junção e consequência de todas as outras nove. Manter essas características, sem dúvida, fará você acreditar mais no seu negócio.

Além disso, ao alcançar um certo patamar, você atinge o status de independente que, por si só, já transmite uma ideia de autoridade que tende a trazer diversos benefícios para sua empresa e no crescimento pessoal. 

Exemplos de empreendedores brasileiros para se inspirar

Agora que você já conhece as 10 características do comportamento empreendedor, que tal conhecer alguns nomes brasileiros que se destacaram seguindo esses preceitos e tirar lições e inspirações para o seu negócio? Veja 3 casos de destaque.

Luiza Trajano

Famosa por ser dona do Magazine Luiza, a paulista de Franca é uma referência no mercado empreendedor sendo considerada pela Revista Forbes como uma das 3 mulheres mais ricas do Brasil.

Apesar de seu nome estar na rede de lojas, Luiza não é a fundadora, na verdade ela começou a trabalhar aos 12 anos como balconista em uma das unidades da loja, passou por todos os setores da empresa até assumir a presidência em 2008.

Alexandre Costa

Outro exemplo de empreendedor presente em todas as listas, Alexandre Costa começou sua trajetória aos 17 anos vendendo ovos de páscoa e trufas no bairro onde morava. Seu faro empreendedor o fez fundar em 2001 a Cacau Show, que viria a ser tornar nada menos que a maior rede de chocolates finos do mundo.

Flávio Augusto da Silva

Com uma grande capacidade de vender, Flávio Augusto da Silva ganhou notoriedade por ser o fundador da Wise Up onde começou vendendo os cursos através de ligações em um telefone público.

Sua habilidade de vendas era tão incrível que ele só se preocupou em aprender a falar inglês (até então só vendia cursos) após abrir a centésima unidade. 

Além de dono de uma rede de escolas de idiomas, Flávio adquiriu o Orlando City em 2013 por cerca de R$240 milhões e o vendeu em 2021 por mais de R$2 bilhões.

E aí, entendeu quais as características do comportamento do empreendedor? Ficou alguma dúvida? Gostaria de mais conteúdos com dicas e novidades do mundo do empreendedorismo? Deixe aqui seu comentário que teremos o maior prazer em te ajudar!Aqui no portal Negócios em Mente você encontra muito conteúdo sobre empreendedorismo, além de ferramentas e cursos que vão te ajudar a alavancar seu negócio e melhorar seus resultados. Conheça nosso site e aproveite nossos descontos!

Quem está atualizado, domina o mercado!

Se inscreva Na Nossa Lista De E-Mail Para Receber Novidades, Descontos E Oportunidades Antes De Todo Mundo!

Explore mais