O que é dropshipping nacional e como ele funciona na prática

dropshipping nacional

Compartilhe esse post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

O mercado vem evoluindo e com ele, novas formas de vender e modelo de negócios surgem, como é o caso do dropshipping, uma modalidade que consiste na venda de produtos sem estoque. Nesse post, falaremos do dropshipping nacional e como ele funciona.

O que é o dropshipping nacional de fato?

Quando falamos de dropshipping, estamos nos referindo a uma modalidade de vendas que tem como premissa a venda de produtos sem estoque, ou seja, a venda é feita sob demanda e diretamente com o fornecedor.

Dessa forma, você anuncia os produtos dos seus fornecedores em seu site e, sempre que um deles for comprado você aciona os distribuidores para pagar pela mercadoria e passar os dados do cliente para que o frete seja realizado por eles.

O dropshipping nacional funciona da mesma forma, a grande diferença é que os fornecedores são brasileiros, ou seja, ao invés de produtos importados você comercializa mercadorias locais.

Veja mais:  Os 10 Melhores Produtos Para Dropshipping Em 2022 E 2023

Entenda tudo sobre o que é dropshipping, no vídeo abaixo. 

Dropshipping nacional ou internacional? Prós e contras de cada um

Agora que você já sabe o que é o dropshipping nacional e como ele funciona, talvez não saiba se compensa mais contar com fornecedores locais ou internacionais, por isso, trouxemos os principais pontos a favor e contra, para que você faça suas comparações.

Dropshipping Internacional

Trabalhar com essa modalidade vai implicar que você importe produtos de outros países e, apesar de se encontrar alguns bons fornecedores nos EUA e Europa, o maior mercado para isso será o da China, principalmente através do Aliexpress.

Vantagens

  • Grande variedade de produtos: sites como o Aliexpress tem milhões de produtos e categorias diferentes para que você possa testar à vontade no seu site;
  • Plataformas integradas para adicionar produtos: plataformas de criação de e-commerce como a Shopify, possuem integrações fáceis de instalar que permitem que você adicione os produtos do Aliexpress diretamente no seu site com apenas um clique.

Desvantagens

  • Maior prazo de entrega: por virem de outros países e, na maioria dos casos, percorrem grandes distâncias como os produtos chineses, os prazos podem ser de até 30, 40 ou 60 dias em várias ocasiões;
  • Dólar como referência: a maior parte dos sites estrangeiros usa o dólar como moeda, por isso, basta uma desvalorização do real para que todas as suas margens e preços precisem ser revistos;
  • Possibilidade de extravio: por se tratar de mercadoria vinda de outros países, sempre existe essa possibilidade, além demoras e complicações por conta de normas de importação e alfândega;
  • Dificuldade com trocas e devoluções: o prazo já é algo demorado, as trocas então se tornam inviáveis e, por isso, pode acontecer de você ter prejuízo para repor um produto ou perder o cliente.

Dropshipping nacional

Já no dropshipping nacional o empreendedor passa a trabalhar com empresas locais, o que aproxima muito mais o lojista do que está sendo vendido e dá mais controle sobre o processo de entrega de modo geral.

Vantagens

  • Frete mais rápido: como os produtos saem e são entregues em território nacional é possível conseguir fretes de 10, 7 e até 5 dias;
  • Maior facilidade para acompanhar a entrega: como as atualizações são feitas por empresas brasileiras no mesmo fuso horário, é mais fácil saber onde o produto se encontra em tempo real e não se perde tempo com questões alfandegárias;
  • Mais facilidade para comunicação com o fornecedor: diferente do fornecedor internacional aqui o canal de comunicação funciona no seu horário comercial e 100% em português.

Desvantagens

  • Catálogo menos variado: por se tratarem de empresas menores e sem tanta experiência no dropshipping, os catálogo não serão tão variados quantos os estrangeiros;
  • Preços menos competitivos: como as quantidades não são produzidas e vendidas em larga escala, os preços serão menos competitivos e te proporcionam margens de lucro mais apertadas;

Ver também: Mercado De Afiliados: Aprenda Como Funciona E Por Onde Começar

Cursos de dropshipping

Se você ainda tem dúvidas sobre como operar com dropshipping, a melhor forma de acelerar seu aprendizado e começar a ganhar dinheiro de verdade é optando pelos cursos oferecidos pelos maiores influenciadores do setor como Douglas Souza, Caio Ferreira e Rafael Lima.

São quatro os cursos de dropshipping mais completos que você vai encontrar atualmente:

Conheça mais sobre eles no artigo, TOP 5 Melhores Cursos De Dropshipping Para Você Abrir Sua Loja E Alcançar O Sucesso”. 

Top 5 fornecedores de dropshipping nacional para o seu negócio

Agora que você já sabe os prós e contras do dropshipping nacional e internacional, talvez esteja interessado em começar a usar fornecedores locais na sua loja virtual, certo? Por isso, trouxemos algumas boas opções no mercado, veja a seguir:

1. Relógio Store

2. Brands Log

3. PgBox

4. DX

5. Xtreme Atacado

1. Relógio Store

Abrindo a nossa lista de fornecedores com um clássico de dropshipping que são os relógios. A Relógio Store tem uma grande variedade de mercadorias, sendo uma das opções mais usadas para quem vende esse tipo de produto.

A maioria das lojas que vendem relógios tem fornecedores internacionais, por isso, ter um produto desse com entrega mais rápida, sem dúvida vai ser um diferencial competitivo para a sua loja.

2. Brands Log

Os cosméticos e produtos de beleza são um mercado bem promissor, é um daqueles ramos que vendem em todas as épocas do ano e o prazo de entrega é algo que costuma ser decisivo.

A Brands Log possui um catálogo bem vasto e completo, que vai desde álcool em gel e condicionadores até máscaras modeladoras e hidratantes mais sofisticados. 

3. Pgbox

Muitas lojas de dropshipping apostam em um modelo com maior variedade de produtos, sem se perder em um nicho específico. Se esse é o seu caso vale a pena conhecer a Pgbox que vende uma diversidade bem grande de produtos como:

  • produtos automotivos;
  • para casa e decoração;
  • esportivos e de lazer;
  • suplementos alimentares;
  • beleza e saúde;
  • ferramentas;
  • eletrônicos.

4. DX  

Outro ramo forte no dropshipping é o de produtos eletrônicos, neste caso, a DX é uma boa pedida, Vale ressaltar, no entanto, que é preciso ter paciência e um certo conhecimento do ramo pois o catálogo é muito grande, com muitas subdivisões, detalhes e categorias.

Investindo um tempo para garimpar bem os produtos, é possível encontrar bons produtos e até algumas boas oportunidades de celulares com boas margens.

5. Xtreme Atacado

Fechando nossa lista temos um modelo diferente, a Xtreme que atua através de planos de assinatura, Desta forma, você passa a ter acesso a diversos fornecedores que são parceiros do site. Os produtos podem ser vendidos direto no e-commerce e até em lojas no Mercado Livre.

Saiba mais: Como Ser Um Empreendedor? Boas Práticas Para Aumentar Suas Chances De Sucesso
Agora é hora de colocar a mão na massa. Para isso sugerimos que você conheça os melhores cursos de dropshipping do mercado. Acesse nossa página de cursos e aproveite nossos descontos.

Quem está atualizado, domina o mercado!

Se inscreva Na Nossa Lista De E-Mail Para Receber Novidades, Descontos E Oportunidades Antes De Todo Mundo!

Explore mais