[GUIA] O que é marketing de influência, porque investir e como começar

marketing de influencia

Compartilhe esse post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Com o boom das redes sociais, as dinâmicas envolvendo propagandas com pessoas famosas mudou. A fama já não parece ser algo tão distante, basta um celular, um bom conteúdo e carisma para que você vire alvo de marcas que investem em marketing de influência.

Não faltam exemplos de pessoas que começaram fazendo conteúdo para internet até atingirem o status de “influenciador digital” e com isso receberam propostas de parcerias comerciais.

Mas, afinal, o que é marketing de influência? Quais os benefícios dele? Como trabalhar com essa área? Essas e outras respostas, nós vamos responder, a seguir.

O que é marketing de influência?

O que chamamos de marketing de influência diz respeito a uma estratégia que envolve parcerias com produtores de conteúdo e influenciadores digitais que possuem autoridade diante de grandes públicos bastante engajados.

Essa estratégia de marketing digital consiste em firmar uma parceria com um influenciador para que ele apresente o produto ou serviço oferecido pela marca ao público que o acompanha. 

Como a opinião (ou influência) desse produtor de conteúdo sobre o público que ele atinge é grande, a empresa aproveita a credibilidade do influenciador para obter a atenção do mercado.

Veja mais: O Que É Afiliado Digital E Como Se Tornar Um? Comece Um Novo Negócio

Porque é relevante investir em marketing de influência?

Agora que você já sabe o que é o marketing de influência, vamos aos principais benefícios desse tipo de estratégia. 

Maior acessibilidade

Dependendo do porte do influenciador não será necessário intermediar uma ação envolvendo agência de publicidade e outras burocracias que podem encarecer a parceria, muitos deles atendem pessoalmente ou possuem no máximo um agente.

Além disso, existem influenciadores em diferentes nichos e que mesmo que tenham menos seguidores, alguns possuem um público extremamente engajado e que o vê como referência em algo a ponto de comprar o que ele indica.

Grandes chances de resultados reais

Segundo um estudo feito pela Tomoson, cerca de 51% dos profissionais de marketing que utilizam marketing de influência afirmam que o método pode trazer mais contatos qualificados que vão se tornar vendas futuras.

Segundo a mesma pesquisa, o ROI (retorno sobre investimento) do marketing de influência foi em média de U$6,50 para cada dólar investido, onde a maioria relatou que obteve relatórios sólidos mesmo após o fim da ação.

Atingir o público certo

Talvez o grande diferencial do marketing de influência seja justamente o de possibilitar uma “tacada certeira” para atingir um público específico e bem segmentado com pouca margem de erro.

Ao invés de gastar tempo e dinheiro mapeando grupos de pessoas que possam ser potenciais clientes, você tem no influenciador uma audiência já sólida e conhecida por ele. Com isso seu trabalho será o de analisar a aderência dessa audiência com o público-alvo.

Como trabalhar com marketing de influência?

Conhecer as vantagens de se trabalhar com marketing de influência talvez tenha despertado em você o desejo de firmar uma parceria deste tipo, mas como fazê-lo? O que deve pesar mais ou menos na hora escolher o influenciador? Veja a seguir.

Defina seus objetivos e pretensões

Assim como toda ação de marketing, o primeiro passo é estabelecer um objetivo: onde a sua empresa quer chegar com essa ação? 

Seu foco pode ser vários, por exemplo, atrair mais leads, vender mais, expandir o alcance da marca. Defina essa meta e crie a campanha a partir dela.

Faça uma filtragem de influenciadores

Após definir os objetivos será possível saber qual o tamanho do influenciador a ser procurado e em quais nichos eles se encontram. 

Em um primeiro momento apenas uma busca por termos no Google já será o suficiente para te dar alguns nomes.

Com esses nomes em mãos você deve visitar o perfil deles e analisar o tipo de conteúdo, a linguagem e os formatos usados, para saber se estão alinhados com o que a sua empresa quer oferecer.

No geral, os influenciadores são classificados pela quantidade de seguidores da seguinte forma:

  • Nanoinfluenciadores: até 10 mil seguidores;
  • Microinfluenciadores: de 10 a 50 mil seguidores;
  • Intermediário: de 50 a 500 mil seguidores
  • Macroinfluenciadores: de 500 a 1 milhão de seguidores;
  • Megainfluenciadores: mais de 1 milhão de seguidores.

Os números são apenas um indicador do porte do influenciador, mas lembre-se que dependendo da ação, alguém mais nichado e com um público mais engajado por ser muito mais relevante que o número de seguidores. 

Escolha os influenciadores de acordo as metas e o orçamento

Usando as metas e o orçamento como parâmetro é a hora de escolher, entre as opções pré-selecionadas, quem será ou quem serão os influenciadores desta campanha. Para fazer essa decisão use os 3 Rs da influência:

  • Relevance (relevância): esse filtro busca avaliar se o influenciador é relevante e importante no nicho em que a marca está inserida;
  • Reach (alcance): consiste em avaliar a quantidade e a qualidade do público que o influenciador alcança. Dependendo do tamanho do influenciador ele pode atingir vários públicos mais ou menos engajados que podem te interessar ou não;
  • Resonance (ressonância): aqui você vai avaliar se o conteúdo criado pelo influenciador é relevante para sua audiência, se ele realmente engaja as pessoas ou se ele se calça apenas no carisma.

E aí, entendeu o que é marketing de influência? Agora é hora de pôr em prática nossas dicas e aproveitar os benefícios desse tipo de marketing para sua campanha. 

Aqui no portal Negócios em Mente você encontra muito conteúdo sobre empreendedorismo, além de ferramentas e cursos que vão te ajudar a alavancar seu negócio e melhorar seus resultados. Conheça nosso site e aproveite nossos descontos!

Quem está atualizado, domina o mercado!

Se inscreva Na Nossa Lista De E-Mail Para Receber Novidades, Descontos E Oportunidades Antes De Todo Mundo!

Explore mais