O que é marketplace, como ele funciona e quais os principais atualmente?

o que é marketplace

Compartilhe esse post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Já aconteceu de você entrar em uma página de produto dentro de uma loja virtual e ao olhar os detalhes viu que era vendido e entregue por outra loja que não era a do site original? A dúvida por trás da natureza dessa operação explica muito sobre o que é marketplace na prática.

Na imagem abaixo, de um print feito no site da Americanas.com, mostra a notificação sobre a qual falamos acima. 

O que é marketplace, afinal?

O marketplace funciona como uma grande vitrine virtual, ou shopping center online, contudo são e-commerces de grandes marcas com renome e alcance, que “alugam” um espaço para que lojas menores possam vender seus produtos.

Isso significa que, se você que tem uma loja virtual é possível anunciar seus produtos, e vendê-los, dentro de canais como a Americanas.com, sobre a qual falamos acima, bem como outros sites como Magalu e Amazon. 

Para isso, acessar esses canais de venda, se cadastrar como vendedor, inserir seus produtos e anunciá-los. 

Entre os benefícios do modelo está a possibilidade de apresentar seus produtos em uma plataforma maior e que atrai milhares de visitantes diários.

Também é importante dizer que você passa a ter acesso aos meios de pagamento oferecidos por essas gigantes do mercado e, em alguns casos, às opções de frete.

Em contrapartida, em cada venda feita por você é repassada um percentual para a plataforma e em algumas empresas pode ser cobrada também uma mensalidade de hospedagem da sua loja.

Suponha que você anuncia um produto a R$100 e a taxa do marketplace é de 14%, a cada venda deste produto, R$14 são repassados a empresa que hospeda e anuncia seus produtos.

Veja também: Fornecedores De Produtos Para Revenda: Como Encontrar Boas Opções?

Marketplace vale a pena? Prós e contras

Agora que ficou claro o que é marketplace e qual a sua mecânica, vamos aos principais pontos positivos e negativos desse canal de vendas e o que significa de fato trabalhar como ele como principal ou como meio complementar de comércio virtual.

Vantagens

Maior visibilidade

Talvez o principal ponto favorável ao uso do marketplace seja ter um alcance que você demoraria anos ou talvez nunca tivesse em sua loja virtual.

Para marcas novas no mercado vale muito a pena utilizar uma vitrine conhecida para alcançar mais consumidores.

Aumento nas vendas

Uma consequência de levar seus produtos para vitrines famosas será o aumento nas vendas, isso acontece tanto pela maior visibilidade quanto por pessoas que acabam comprando produtos pensando estar comprando do e-commerce que anuncia e não de terceiros.

Veja também: Como Impulsionar O Seu Negócio E Vender Nas Redes Sociais?

Maior alcance de SEO

Grandes nomes do marketplace possuem estruturas e posicionamento consolidado juntos aos motores de busca, logo sua loja acaba por tomar emprestado esses indexadores, podendo figurar nos primeiros resultados das buscas sem investir nisso.

Ver mais: O Que É SEO? Tudo Sobre Essas Estratégias Fundamentais Para Qualquer Site

Custo sob demanda

Por fim, se você entende o que é marketplace já deve ter notado que uma das principais vantagens é não precisar gastar nada caso não tenha sucesso, afinal você só paga a plataforma (na maioria dos casos) em cima de uma venda efetuada.

Desvantagens

Concorrência alta

Se por um lado a visibilidade e posicionamento de SEO são ótimos para lojas novas, por outro lado existe uma alta concorrência interna, ou seja, outras empresas concorrentes a sua que também anuncia naquele mesmo canal, o que pode ser mais um complicador em alguns casos.

Perda de personalidade da marca

Quando se trata de marketplace tudo terá a identidade do e-commerce que está anunciando, ou seja, sua marca ficará sem nenhum destaque o que dificulta que as pessoas começam a conhecê-la e cheguem a visitar o site original, podendo até achar que se trata de uma loja filial ao marketplace.

Quais os principais marketplaces do Brasil atualmente?

Uma vez que tenha ficado claro o que é marketplace, como ele funciona e quais os prós e contras, vamos conhecer quais os principais canais de venda que atuam como marketplace no Brasil atualmente.

Mercado Livre

Simplesmente o maior marketplace da América Latina, o Mercado Livre atua no Brasil a mais de duas décadas e a cada dia, ele é voltado apenas para esse tipo de venda, diferente de outras opções da nossa lista.

Seu grande diferencial é a grande variedade de produtos e usuários, indo desde produtos mais comuns como eletrônicos e vestuário, até móveis e eletrodomésticos. Com nada menos de 211 milhões de usuários e 10 milhões de vendedores ativos, o canal se destaca e costuma ser a primeira loja de muitos.

Amazon

Se o Mercado Livre é o maior marketplace, quando falamos na Amazon estamos nos referindo apenas a maior varejista do mundo e dona de um conglomerado que engloba diversos produtos e serviços.

Além de ser uma loja com produtos próprios, a Amazon também abriga diversas loja que querem usar seu alcance como canal de vendas desde de 2000, sendo pioneira e referência no comércio online há muitos anos.

OLX

Um canal diferente dos demais, a OLX surgiu como uma opção de venda C2C (customer to customer) ou seja, venda de consumidor para consumidor. A ideia era criar um canal de vendas de produtos usados ou seminovos.

No início a plataforma era encarada como um tipo de classificados, no entanto após a aquisição do BomNegócio.com a empresa subiu de patamar e atingiu o status de marketplace, estando presente em mais de 45 países, com cerca de 54 milhões de artigos publicados por mês e impressionantes 1,9 bilhão de acesso mensais.

Americanas S.A

Antiga B2W, a empresa que reúne os e-commerces das lojas Americanas, Submarino, Sou Barato e Shoptime tem uma dinâmica diferente onde o vendedor pode anunciar o mesmo produto em 4 lojas virtuais diferentes ao mesmo tempo.

Quem conhece o nome e o peso dessas marcas já deve imaginar o seu alcance, mas vale ressaltar que se trata mais de 59 milhões de visitantes por mês o que resulta em quase 610 milhões de páginas visitadas mensalmente somando os 4 sites.

E aí, entendeu o que é marketplace? Ficou alguma dúvida? Deixe nos comentários suas questões, críticas e sugestões de temas que gostaria de ver por aqui que teremos o prazer em te responder o quanto antes.

Aproveite para saber mais sobre o assunto acessando nossos artigos sobre os melhores aplicativos para vendas e sobre a modalidade de vendas conhecida como Dropshipping.

Aqui no portal Negócios em Mente você encontra muito conteúdo sobre empreendedorismo, além de ferramentas e cursos que vão te ajudar a alavancar seu negócio e melhorar seus resultados. Conheça nosso site e aproveite nossos descontos!

Quem está atualizado, domina o mercado!

Se inscreva Na Nossa Lista De E-Mail Para Receber Novidades, Descontos E Oportunidades Antes De Todo Mundo!

Explore mais